15 filmes difíceis de entender que valem a pena

Loading...

Existe muita gente que adora, e muita gente também que odeia, filmes confusos e difíceis de entender. Afinal de contas, depois de assistí-los, muitas das vezes, é necessário pesquisar informações e respostas à cerca do filme (em alguns casos nem existem respostas). Em “2001: A Space Odyssey”, Stanley Kubrick e Arthur C. Clarke disseram que se encontrássemos uma resposta para o filme, eles teriam falhado.

A arte muitas das vezes existe para nos questionar e não para nos mostrar respostas concretas. O questionamento faz-nos pensar e repensar sobre, muitas vezes, nós mesmos, e é por isso que estes filmes valem a pena o esforço, valem o questionamento. Um filme pode facilmente trazer diversas possibilidades e descobertas, agora depende de você querer ou não encontrá-las.

1. 2001: A Space Odyssey (Stanley Kubrick, 1968)

2001: A Space Odyssey

Uma viagem desde o passado pré-histórico dos nossos antepassados, quando um grupo de macacos encontra um misterioso monólito e dele obtém conhecimentos que resultam na evolução do Homem, até ao espaço colonizado pelos humanos, no ano 2001. A descoberta de um outro monólito na Lua, proveniente de uma região junto a Júpiter, leva ao lançamento de uma expedição liderada pelo astronauta David Bowman para investigar a origem do objeto extra-terrestre. Quando a missão é colocada em risco por HAL 9000, o supercomputador que controla a nave espacial, Bowman terá de vencer a máquina antes de viajar até ao local de origem do admirável objeto.

2. Przypadek (Krzysztof Kieslowski, 1987)

Przypadek

Diante de um futuro incerto, Witek, um estudante de medicina polaco adolescente, decide interromper temporariamente os seus estudos e apanhar um comboio e ir para Varsóvia.

3. The Game (David Fincher, 1997)

The Game

Nicholas Van Orton, um multimilionário, acaba de completar 48 anos e o seu irmão, Conrad, oferece-lhe um cartão de uma empresa chamada Consumer Recreation Services, que organiza um jogo obscuro criado à medida dos participantes e cuja única regra é não ter regras. Após vários testes de admissão, Van Orton torna-se indiretamente responsável pelo despedimento de Christine, uma empregada de restaurante, que segue para lhe pedir desculpas. No decorrer do jogo, começam a manifestar-se estranhos acontecimentos e Van Orton sente que a sua vida está a ser totalmente monitorizada, onde já não há fronteira entre o real e a ficção…

4. Cube (Vincenzo Natali, 1997)

Cube

Seis indivíduos despertam das suas vidas para um pesadelo assustador: eles estão fechados numa prisão surreal, um imenso labirinto de divisões em forma de cubos, cheio de armadilhas mortais. A ordenação dos indivíduos parece aleatória, e até mesmo perversa. Nenhuma destas pessoas sabe porquê ou como é que foram aprisionadas…

5. Run Lola Run (Tom Tykwer, 1998)

Run Lola Run

O diretor Tom Tykwer usa diversos tipos de linguagens cinematográficas para contar a história de uma jovem que tem apenas 20 minutos para salvar o seu namorado.

6. Fight Club (David Fincher, 1999)

Fight Club

O Clube de Combate é uma invenção de Tyler Durden, um génio anarquista, e são apenas o início dos seus planos de vingança contra um mundo onde jovens saudáveis vão a reuniões de grupos de apoio ao cancro porque apenas aí conseguem encontrar calor humano e compaixão.

7. Memento (Christopher Nolan, 2000)

Memento

Leonard é um investigador de seguros, com a memória perturbada devido a um traumatismo por ter intervido aquando do assassinato da sua mulher. A vida de Leonard alterou-se completamente e hoje vive apenas perseguindo a vingança: encontrar e castigar o homem que matou a sua mulher. A dificuldade de encontrar o assassino vem do facto de Leonard sofrer de uma rara e incurável perda de memória. Embora consiga lembrar-se de momentos antes do acidente, Leonard não consegue lembrar-se dos últimos 15 minutos… Onde está… Onde vai… E porquê… Para manter algumas recordações, Leonard anota os acontecimentos importantes de sua vida em pedaços de papel e chega mesmo a tatuar algumas frases e nomes no seu próprio corpo…

8. The Others (Alejandro Amenábar, 2001)

The Others

Grace mora sozinha com os dois filhos pequenos, Anne e Nicholas, numa velha mansão. O marido, Charles, encontra-se desaparecido, tendo presumivelmente morrido na guerra, e as crianças são fotossensíveis – não podem apanhar luz natural. Ao silêncio e escuridão da velha casa chegam três serviçais oferecendo os seus préstimos e sendo de imediato aceites no pequeno núcleo familiar, o qual é perturbado por uns “intrusos” que Anne afirma ver, mas que mais ninguém vislumbra. Portas a abrir e a fechar, o piano a tocar e as cortinas a desaparecer levam Grace a convencer-se de que a casa está assombrada. Mas nem todos os mortos são da mesma natureza e ao aperceber-se deste facto Grace é confrontada com os seus próprios “fantasmas”.

9. Donnie Darko (Richard Kelly, 2001)

Donnie Darko

Donnie Darko é um jovem esquizofrénico paranóico que teme as mensagens do dia do Juízo Final, proferidas por um coelho gigante. O que parece absurdo de início é na verdade uma misteriosa e encantadora viagem pela mente atormentada de Donnie, isto é, até o conceito da viagem no tempo transformar para sempre a sua perceção da vida e o destino das pessoas que o rodeiam.

10. Triangle (Christopher Smith, 2009)

Triangle

Intrigado com a numerosa quantidade de navios com respetiva carga e tripulação, desaparecidos no Triângulo das Bermudas, um bilionário contrata uma equipa de especialistas para perceber o porque deste fenómeno. A equipa é composta por um jornalista cético, um oceanógrafo, um cientista e um psicólogo. Com uma oferta financeira bastante atrativa feita a cada um deles, a equipa irá investigar o misterioso triângulo em busca de respostas. Mas à medida que as investigações avançam, veem-se rodeados por acontecimentos bizarros, que ninguém parece entender.

11. Mr. Nobody (Jaco Van Dormael, 2009)

Mr. Nobody

Nemo Nobody vive uma vida normal ao lado da sua mulher, Elise, e dos seus três filhos até ao dia em que realidade se altera e ele acorda como um velho no ano 2092. Aos 120 anos, o Sr. Nobody é o homem mais velho do mundo e o último mortal, de uma espécie humana que se tornou imortal. Mas isso parece não interessá-lo ou incomodá-lo muito. No presente, as únicas questões que o preocupam é se ele viveu a vida certa para si, se amou a mulher que deveria amar, e se teve os filhos que estava destinado a ter… agora o seu objetivo é encontrar a resposta certa.

12. Shutter Island (Martin Scorsese, 2010)

Shutter Island

1954, o pico da Guerra Fria, os agentes Teddy Daniels e Chuck Aule são convocados a “Shutter Island” para investigar o improvável desaparecimento de uma criminosa do impenetrável Ashecliffe Hospital. Rodeados por circunspectos psiquiatras e perigosos pacientes psicopatas, eles veem-se envolvidos numa atmosfera misteriosa e volátil que sugere que nada é o que parece… Com um furacão a aproximar-se da ilha, a investigação progride rapidamente. No entanto, à medida que a tempestade aumenta de intensidade, as suspeitas e os mistérios multiplicam-se, cada um mais terrível e tenebroso que o anterior. Há indicações e rumores de conspirações sombrias, sórdidas experiências médicas, alas secretas, controlo mental e inclusive de algo sobrenatural. Movendo-se nas sombras do hospital, assombrado pelos terríveis atos dos seus instáveis habitantes e pelos desígnios desconhecidos dos igualmente suspeitos médicos, Teddy começa a sentir que, quanto mais fundo ele chega na investigação, mais perto está de se ver confrontado com alguns dos seus mais profundos e devastadores medos. E apercebe-se também que poderá não sair vivo daquela ilha…

13. Inception (Christopher Nolan, 2010)

Inception

Dom Cobb é um talentoso ladrão, o melhor na arte da extração: ele rouba segredos e ideias às pessoas diretamente das profundezas das suas mentes, durante os sonhos – estado em que a nossa mente está mais vulnerável. A rara habilidade de Cobb fez dele uma das pessoas mais influentes neste novo mundo de espionagem empresarial, mas também fez dele um fugitivo internacional e custou-lhe tudo o que já amara. Mas agora foi-lhe oferecida uma oportunidade para se redimir. Um último trabalho pode devolver-lhe a sua antiga vida. Em vez do assalto perfeito, Cobb e a sua equipa de especialistas têm exatamente de fazer o inverso: instalar uma ideia na mente de alguém. Se tiverem sucesso, poderá ser o crime perfeito. Mas todo o cuidado é pouco, pois têm um perigoso inimigo cada vez mais perto, que só Cobb poderia ter visto aproximar-se.

14. Source Code (Duncan Jones, 2011)

Source Code

Quando o condecorado Soldado – Capitão Colter Stevens acorda no corpo de um homem desconhecido, descobre que está envolvido numa missão para encontrar o bombista do comboio de Chicago. Numa missão que para ele era totalmente desconhecida, apercebe-se de que faz parte de um programa experimental do governo, chamado “O Código Base”, um programa que lhe vai permitir viver a identidade de outro homem, nos últimos 8 minutos da sua vida. Com um segundo alvo, que ameaça matar milhões de pessoas na Baixa de Chicago, Colter têm de reviver o incidente vezes sem conta, até recolher todas as pistas, para poder resolver o mistério de quem está por detrás destes atentados e para que possa evitar o próximo ataque.

15. Interstellar (Christopher Nolan, 2014)

Interstellar

Com o nosso tempo no planeta Terra a aproximar-se do fim, uma equipa de exploradores é enviada na missão mais importante da história da humanidade: viajar para além da nossa galáxia para descobrir se a humanidade tem futuro entre as estrelas.

Loading...