Os regimes mais assassinos de sempre

Loading...

Apesar de estarmos noutro século, o século XXI, aliás, até estamos já noutro milénio, mas nos podemos esquecer que o século passado, o século XX, foi um século que testemunhou à morte e a chacinas numa escala sem precedentes.

Infelizmente, apesar de ter sido um século de evoluções tecnológicas, foi também um século marcado pelo Holocausto e duas guerras mundiais. Ficou conhecida pelos comunistas, nazistas, fascistas e ditadores militares, que ao todo mataram mais de 100 milhões de pessoas.

Abaixo segue os 12 ditadores por ordem dos que morreram às mãos das suas regras. E quando as guerras que travavam se revelaram impopulares e insuportáveis, foi posto um ponto final graças à pressão da opinião pública.

Sendo que os mais infames e que ficarão nos livros de historia para todo o sempre:

Os regimes mais assassinos de sempre

Mao Zedong – China entre 1949-76, regime comunista e fez 60 milhões de vitimas. Sendo considerado o maior assassino em massa de toda a historia. A maioria das suas vitimas foram chineses.

Joseph Stalin – União Soviética entre 1929-53, regime comunista e fez 40 milhões de vitimas. Ganhando assim o segundo lugar em maior assassino em massa. Stalin impôs deliberadamente fome na Ucrânia, onde matou milhões de camponeses saudáveis.

Adolf Hitler – Alemanha entre 1933-45, regime nazi e fez 30 milhões de vitimas. Foi o protagonista do Holocausto, onde matou 6 milhões de judeus.

Loading...

Add Comment